Pular para o conteúdo principal

Saint Anger


Saint Anger, upload feito originalmente por Leandrw da silva.

Santa raiva. Ainda não consigo contê-la.
Diante do copo dessa água suja e barata...
você me parece tão atraente!
Não consigo mais contê-la.
Nem uma reza, um clamor me faz esquecê-la.

Saint Anger, no peito o aperto
O desespero que corta
A força que move
E que não se chama AMOR.

Saint Anger, não se chama
nem é chamada.
Aparece do nada
Como quem te seduz.
Te expõe a uma luz
Vermelha, te cega
Lampeja.

Perde o rítmo, perde o juízo
Dança com ela descompassadamente...
Dança de doidos, sem passos, 100 passos.

"Não se pisa no pé de quem não sabe onde pisa".

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Usando o Notepad++ para compilar programas Java

Para quem se aventura agora no mundo da programação, já deve ter ouvido falar do Notepad++. A ferramenta, que dá suporte as linguagens C, C++, Java, C#, XML, HTML, PHP, Javascript, ASCII art, doxygen, ASP, VB/VBS, SQL, Objective-C, CSS, Pascal, Perl, Python, Lua, TeX, TCL, Assembler, Ruby, Lisp, Scheme, Properties, Diff, Smalltalk, Postscript, VHDL, Ada, Caml, AutoIt, KiXtart, Matlab, Verilog, Haskell e InnoSetup, é indispensável para qualquer programador, desde aquele novato ao mais experiente. Apesar dos recursos de macro, multi-linguas e a possibilidade de executar aplicativos externos, o programa mantém a função de bloco-de-notas. Uma possibilidade legal é que o programa possibilita o uso de scripts, com instruções automatizadas para que você economize seu tempo. E um script de execução que eu achei, que assim como é para mim será bem útil para todos, é o de compilar arquivos .java. Para configurar essa função, tecle F6 para a 1ª execução do eu arquivo .java no Notepad++. Agora vo…

Mapa mental: nunca mais se perca!

Enquanto me perdia em milhares de ideias que apareciam e se iam, desesperado pela falta de organização das informações, achei uma ferramenta que tem me ajudado desde então: Mapas mentais. Mas afinal, o que são, e como usá-los?

Por isso que programador em Java é coisa rara...

"Por isso, sempre certifique-se de compilar o programa a cada passo importante...
o cafézinho deveria ser um suquinho de maracujá..."
Quem nunca se deparou com uma situação parecida? Você passa horas se dedicando àquele código mega comprido, com trocentas linhas, whiles, if e vetores para no final, talvez por 1 vírgula ("," <-- grandessíssimas filhas da pontuação e sintaxe...) dar tudo errado.Por isso que programador em Java é coisa rara..., upload feito originalmente por Leandrw da silva.