Pular para o conteúdo principal

XMBC - Solução Media Center completíssima, multiplataforma e free!

Sou programador, e nas pouquíssimas horas vagas que tenho gosto muito de ouvir música. Gosto de rock nacional dos anos 80-90, grunge e nu metal principalmente, mas meu gosto não vem ao caso. Nunca fui muito fã do Windows Media Center, até por ser um produto relativamente novo, e como minha experiência maior com o Windows foi no XP que não tinha o WMC integrado, acabei por me acostumar com players normais como o excelente Aimp. Mas atualmente, com tantos vídeos e conteúdo multimídia disponíveis pela web, apenas ouvir músicas não basta. Gostamos de ver vídeos, séries, ler notícias pelos feeds RSS que assinamos por aí e etc., e é aí que um Media Center por ser útil!

Além de proporcionar um bom aproveitamento de tela para a gestão de coleção multimídia, um Media Center pode ser integrado a aparelhos de televisão modernos, e com uma placa de captura de sinal de televisão, você consegue até gravar teus programas! Há diversas soluções pagas e free disponíveis, de excelente qualidade inclusive, mas uma em particular tem superado todas as expectativas: o XBMC! O aplicativo é simplesmente incrível, e a lista de addons não pára de crescer! Atualmente, é possível ler notícias RSS, ver vídeos no Youtube, compartilhar as informações da tua biblioteca digital em diversos sites, e uma a muito tempo procurava e finalmente vim a encontrar no XBMC: a possibilidade de ouvir músicas do Grooveshark! A biblioteca de músicas disponibilizadas pelo serviço é simplesmente gigantesca, e não pára de crescer também. E você tudo isso disponível em uma interface personalizável, moderna e agradável. No site do projeto é possível encontrar uma lista das skins disponíveis, de onde tirei a Rapier, a que uso atualmente. A solução vale muito apena ser testada. 

A aplicação está disponível para Windows, OSX, AppleTV, uma versão bootável e Linux, incluindo pacotes nos repositórios oficiais do Arch e Mandriva, possuindo um time para Ubuntu, e repositórios terceiros para Debia, Fedora, Foresight, Gentoo e openSUSE (+ info), além do código fonte para compilação, é claro.

PPA para Ubuntu  (testado na versão 11.10 Ocelot)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Usando o Notepad++ para compilar programas Java

Para quem se aventura agora no mundo da programação, já deve ter ouvido falar do Notepad++. A ferramenta, que dá suporte as linguagens C, C++, Java, C#, XML, HTML, PHP, Javascript, ASCII art, doxygen, ASP, VB/VBS, SQL, Objective-C, CSS, Pascal, Perl, Python, Lua, TeX, TCL, Assembler, Ruby, Lisp, Scheme, Properties, Diff, Smalltalk, Postscript, VHDL, Ada, Caml, AutoIt, KiXtart, Matlab, Verilog, Haskell e InnoSetup, é indispensável para qualquer programador, desde aquele novato ao mais experiente. Apesar dos recursos de macro, multi-linguas e a possibilidade de executar aplicativos externos, o programa mantém a função de bloco-de-notas. Uma possibilidade legal é que o programa possibilita o uso de scripts, com instruções automatizadas para que você economize seu tempo. E um script de execução que eu achei, que assim como é para mim será bem útil para todos, é o de compilar arquivos .java. Para configurar essa função, tecle F6 para a 1ª execução do eu arquivo .java no Notepad++. Agora vo…

Agilizando pesquisas no Firefox

Quem é usuário do navegador da Google, o Chrome, sabe bem o que é ter bastante espaço na tela para a visualização de sites. A interface do navegador é bem simples, tendo somente uma barra para a entrada de urls e pesquisa,  deixando o navegador tão limpo como a muitos tem agradado. Mas você sabia que o navegador da Mozilla, o Firefox, também possui este recurso, e ainda mais, você pode executar pesquisas em diversos sites como Youtube, Facebook e Twitter apenas utilizando a barra de endereços? Veja como!

Mapa mental: nunca mais se perca!

Enquanto me perdia em milhares de ideias que apareciam e se iam, desesperado pela falta de organização das informações, achei uma ferramenta que tem me ajudado desde então: Mapas mentais. Mas afinal, o que são, e como usá-los?